Julgamento dos porcos

Extra cômico!

Esse artigo não pretende desmerecer nenhum membro da polícia [no qual tenho profundo respeito] muitos menos algumas autoridades competentes. Esse, apenas aborda de maneira literária um assunto sério e real com relativo humor e crítica.

No interior de algum lugar do país, um agente de investigação mundial, foi convocado para interrogar um porco chefe de uma organização de chiqueiro.

Chegando ao Brasil, Sherlock Gomes da Silva, detetive de renome internacional, inicia o interrogatório com as seguintes perguntas: soube que é você e seu bando criminoso quem transmitem doenças? E prossegue com uma série de acusações... O chefe dos suínos [será que pode citar suíno ou A (H1N1), para não atrapalhar o comércio internacional da carne do porco?]. Bom! Enfim o suíno responde: vós me acusais sem prova, deixe que eu argumente em minha defesa? Posso chamar o meu defensor? O policial concede a autorização.

O defensor chega à sala e vai afirmando: existem seres piores do que os porcos. Bem piores! Exclama.

Quem é pior do que o porco? Pergunta o investigador nervoso.

O defensor responde: Quem é pior do que o porco? Vou lhe mostrar: quantas vezes leste em jornais, internet, revista ou viste na TV, os porcos do EUA matando os do Iraque? Vocês nos acusam de causar muitas doenças e até causamos tenho que admitir – gripes, entre outras. Mas, quantas pessoas morreram e morrem infectadas por doenças [pior do que gripe] nos períodos pós-guerra? A culpa é nossa? Afinal, guerra é o forte dos humanos, ao menos eles pensam. E continua: quantas bombas nucleares porcos norte-americanos jogaram em Hiroshima e Nagassaki? Faça um estudo do período histórico dos porcos: quantos suínos foram mortos por suínos? Entre porcos não há holocausto. Não matamos os outros por não serem da mesma raça que a nossa. E olha que nós temos raça, e os seres humanos tem etnias diferentes. E ainda nós é que somos culpados?

O Investigador meio sem jeito diz: Mas vamos nos ater apenas ao Brasil onde estamos investigando.

O porco de defensor em tom crítico prossegue: No Brasil! E num sorriso irônico insiste nas perguntas: quantas vezes você viu porcos armados matando outros porcos? Só pelo prazer de matar ou para lhe roubar algo? Nós animais, tido por vocês humanos como irracionais só matamos para nos alimentar, e o porco nem tem esse perfil carnívoro. Porcos não roubam, não fraudam e não mentem e nem nomeia familiares e amigos para trabalhar no senado... humanos sim. E outras argumentações que deixou o acusador perplexo ao ponto de concluir.

Quem será que deveria ser condenado: Os porcos? Ou os seres humanos? Os homens causam a guerra, violência, desigualdade e medo e, depois sorrateiramente quer colocar a culpa nos outros. Em quem colocaremos a culpa na alteração climática e ecológica? Será que dessa vez a condenada será a MÃE TERRA?

Enquanto isso extra cômico e trágico, pois vemos a triste notícia de mais de 27 vítimas fatais do vírus da gripe A (H1N1).

Cadê a nossa ética?

Márcio Alexandre da Silva – formado em filosofia e educador.
marciobressane@hotmail.com

25 Response to "Julgamento dos porcos"

  1. Renato Oliveira Rocha Says:
    2 de agosto de 2009 06:33

    A doença da Terra é o homem, cientificamente conhecido como homo sapiens, que vai contra sua casa, que tenta resistir a ele. Mas um dia o homem fará vítima a Terra, que já resistiu à peste bubônica(ratos), gripe aviária e agora é a vez de culpar os porcos. Deixem os animais em paz!

  2. Márcio says:
    3 de agosto de 2009 09:20

    Quando nós [seres humanos] assumiremos nossas responsabilidades pelas mazelas do mundo.
    Boa reflexão Renato.
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (JULGAMENTO DOS PORCOS)

  3. J. Hildeberto J. de Aquino says:
    3 de agosto de 2009 12:45

    Dileto Professor,

    De uma única coisa tenhamos certeza: A terra, mesmo já paraíso, seria outra, bem melhor e racional, não fosse o Homem! Mas, e se Deus criou a Terra e a nós também, imcumbindo-nos de gerir os destinos de ambos, que mal lhe fez a Terra? Os homens, eu deduzo: Só podemos ser um desvirtuamento genético! Mas, e se Deus nos fez à sua imagem, então por que o castigo já que somos tão ruins assim? Será que Deus é... A filosofia responde?
    Um bom e oportuno texto. Mas amigo, não vejo reversão lógica para o caso visto que inexoravelmente caminhamos, à falta de um criterioso e indispensável PLANEJAMENTO FAMILIAR, para um super dimensionamento populacional que precisa se alimentar e não tem outra fonte que não a própria Terra. É tenebroso ter-se a consciência disso. O que se inferir além é apenas no campo sentimental e utópico.
    Abraços.

  4. Márcio says:
    4 de agosto de 2009 07:41

    Caro José Hildeberto Jamacaru de Aquino, você sugeriu o “planejamento familiar” uma solução real e não sentimental e utópica.
    Então temos outras saídas? Basta usá-las!
    Obrigado estimado amigo.
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (JULGAMENTO DOS PORCOS)

  5. Eliane Sinhasique says:
    5 de agosto de 2009 08:16

    Professor, concordo que os humanos são nojentos mas (só uma informação!) existem porcas que comem seus filhotes ao nascer...
    Eu já vi!
    As porcas que vão parir precisam ser separadas dos demais pois os outros tb podem atacar os filhotinhos.
    Porcos são carnívoros e carniceiros quando criados soltos e é por isso que nas pocilgas cada porco tem a sua baia pois, principalmente as fêmeas, podem se matar.
    Conto isso porque meu pai criava porcos e era eu quem tomava conta da pocilga alimentando e cuidando para que nossos "landrasses" (porcos louros e de olhos azuis) crescencem fortes e saudáveis e não morressem antes do tempo.
    Um abraço.

  6. Márcio says:
    5 de agosto de 2009 09:34

    Cara amiga Eliane .
    O porco é só um exemplo para elucidar como muitas vezes nos comportamos piores do que animais.
    Agradeço pela colaboração....
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (JULGAMENTO DOS PORCOS)

  7. arioba Says:
    9 de agosto de 2009 04:30

    A questão, evidentemente de acordo com os colegas, é de baixa moral e ética, principalmente, das elites. Mas a questão dos porcos é um pouco mais antiga.

    Há uma passagem nos evangelhos que diz que Cristo expulsou os demônios de um pocesso, e os arremeteu sobre os porcos ali por perto, e os mesmos se precipitaram e morreram.
    a) Os porcos eram de Cristo? E se não eram, que direito teria de "assassiná-los"?
    b) E que espíritos seriam esses que tanto "encarnariam homens como porcos"?

    Simples, caros amigos, ou Cristo estava errado, ou os evangelhos foram escritos erradosm opto pelo segundo. O fato claro é que sem moral e ética, as religiões não se sustentam, e muito menos as igrejas, os governos, as empresas, e por final, o próprio homem, que é em si um "eco-sistema", onde para cada célula, existem outros 10organismos vivos para garantir a vida!! As doenças são apenas desequilíbrios entre as células e esses 10 organismos que tanto garantem a vida, como também provocam a morte.

    A culpa dos porcos, portanto, é um velho equívoco de moral e étical e que infelizmente foi perpetuado pelas próprias igrejas!!

    Arioba.

  8. Márcio says:
    10 de agosto de 2009 07:23

    Obrigado Arioba.
    Mas, em nenhum momento no meu artigo fiz menção a qualquer tipo de religião.
    Temos que ler a bíblia do ponto de vista do contexto histórico, senão cometemos anacronismo. No contexto de Jesus o porco era tradicionalmente um animal impuro, os escritores dos evangelhos sofreram influência da sua época, naquele tempo Jesus mandou os “espíritos maus” para os porcos, por ser um animal impuro para aquela época.
    Arioba o senhor poderia falar da moral humana: o mal no mundo não é por culpa de igreja ou fé, mas pela antiética do ser humano.
    Agradeço pela colaboração....
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (JULGAMENTO DOS PORCOS)

  9. arioba Says:
    11 de agosto de 2009 06:26

    A questão foi meramente oportuna. Falava-se de "culpa dos porcos", e é claro que os equívocos vêm de longa data, que é o que quiz dizer.
    Reconheço sua preocupação em não ofender isso ou aquilo, e até admiro sua posição, mas fatos são fatos.

    Primeiro, que você não colocou o assunto simplesmente para contar uma "piada", mas foi para expor uma situação. E seundo, pretendi só complementar o assunto.
    Estamos num mundo cão, com 4.000 anos de igrejas, falando a mesma baboseira. Somos há 5 séculos um país colonial religioso e ditatorial, e continuamos falando as mesmas asneiras, com medo de ofender quem? Quem nos ofende como mentiras e corrupção??

    Aquela pergunta sobre o "direito" de Cristo matar os porcos foi a pergunta de um ateu para os cristãos! Sabe porque existem ateus? Por causa das idiotices que pregam nas igrejas, que passam quilômetros de distâncias das próprias doutrinas que pregam.
    Qualquer religião tem por paradigma a moral e a ética de cada indivíduo, e ficamos admirados que as elites não têm nem moral e nem ética, com igrejas em praticamente em cada esquina da cidade? O que fazem as igrejas, que sequer se fazem entender o que seja sua própria religião cuja base é a moral e a ética? E aí nos sntimos penalizados de criticá-las?

    Meu amigo, entendo que você fique penalisado de fazer críticas às igrejas, por qualquer que seja seu motivo, mas eu posso fazer, e até porque já fui seminarista. Igreja é e sempre foi como qualquer empresa, se não tiver "clientes", fecham as portas, e como qualquer empresa, fazer clientes é a regra do jogo, pouco importa o que a própria religião diz.
    E estão erradas? Não se não fizessem isso em "nome de um Deus". As empresas fazem a mesma coisa, e muitas vezes com muito mais moral e ética!!
    Contudo, muitas coisas boas foram feitas pelas igrejas, o que as enlameiam são suas próprias elites!! E estou criticando exatamente as elites das igrejas, da mesma forma como critico as elites políticas, empresariais, e até culturais, quando colocam sua própria imoralidade a seu próprio serviço!!

    Você encontra algum ateu entre as pessoas comuns? Mas veja entre as elites, principalmente culturais e científicas. Isto é, nunca as igrejas pregaram religiões para as pessoas cultas, pregam "dogmas de fé" para as pessoas incultas ou meramente crentes!! E aí ficamos admirados que moralmente o mundo ainda é o mesmo da época dos Egípcios, dos Gregos, dos Romanos ou Judeus, da era Feudal da Idade Média, ou da era colonial, ainda que voando de avião, ou carro de luxo, ou se comunicando com computador, etc.? Algumas dessas coisas têm a incumbência de fornecer moral e ética a quem que seja??

    Então, caro Alexandre, percebe que a moral ou começa nas igrejas, ou não começará em lugar algum? Sem religião no Mundo, não haverá moral e ética, principalmente nas elites, e sem elas, o mundo continuará como sempre foi!! Os porcos da política começam nas igrejas, na velha história do faça o que eu digo e não façam o que eu faço!! E por acaso Cristo não foi morto na cruz exatamente por isso? E achamos que Cristo teria condenado algum porco a receber espíritos e se lançar à morte??

    Abraços, caro Alexandre, quando se mexe na estrada, a poeira se levanta, acho que você está fazendo sua parte! Estou apenas fazendo a poeira se levantar, e nem sempre gostamos da própria poeira!

    Abs.
    Ariovaldo.

  10. Márcio says:
    11 de agosto de 2009 08:40

    Ariovaldo obrigado!
    Respeito integralmente sua posição.
    Ari participe e emita a sua opinião que convier e julgar interessante aos visitadores e leitores desse blog.
    Esse é espaço de debate... aberto a todos.
    Grato pela colaboração....
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (JULGAMENTO DOS PORCOS)

  11. J. Eustáquio says:
    25 de agosto de 2009 19:05

    Muito oportuno o seu comentário e a comparação utilizada para tratar do momento atual que estamos presenciando no País.
    Ainda que me espante, creio sermos todos responsáveis pela existência de tantos "ilustres" e "poderosos" senhores, pois nele depositamos nossos votos para elegê-los "ilustres parlamentares" e "poderosos chefes de executivos". Com esse aval,muitas vezes repetidos com reeleições sucessivas, tais pessoas se acham no direito de cada vez mais utilizarem "o poder de ter" e cada vez menos "o poder de ser".

  12. Mario Augusto Says:
    7 de setembro de 2009 19:27

    Agora e muitas vezes posso dizer que sinto vergonha de pertencer a essa raça... HUMANOS.
    Faço sim a minha parte, mais os que não fazem obrigam-nos a fazer, sem ao menos enxergar a baixo do proprio focinho.
    Ligamos as nossas TV's e o que vemos????
    CORRIDAS, FUTEBOL, E JORNAIS, que só nos mostram o que acontece do outro lado do mundo. Poucos, e muito poucos jornais mostram como vive o indio, sem sociologia (MUITOS), sem LUZ, agua encanada, e mesmo assim vivem otimamente bem, você viveria sem luz???
    Ja os porcos (se é que não irei ofender os bixinhos) matam, a cada tempo estam criando maquinas pavoraveis, que poderam até destruir o mundo. Uma coisa que eu digo para minha familia e amigos, é para não se apavorar com o que vemos hoje, isso é pouco, somos poucos os que conseguimos ver alem do que vivemos hoje... Não precisa ser nenhum " ANORMAL " para enchergar o futuro, basta ligar sua TV que você vê.
    " O fim do mundo é nós mesmos que fazemos "
    Professor Marcio, obrigado por abrir este espaço para nós, acho que tem horas que precisamos mesmo falar o que sentimos, e expressar com palavras para não fazer justiça com as proprias mãos.

    (Mario Augusto, Aluno do 2º A, da escola Oswaldo Moreira, Palmital SP)

  13. Mario Augusto Says:
    7 de setembro de 2009 19:30

    Desculpe pelos erros de portugues... Corrigindo os que eu achei.
    " Enxergar, muitoS poucos jornais " .
    Acho que é só... Desculpe

  14. Anônimo Says:
    3 de fevereiro de 2013 12:12

    Wow, wοnderful blog lауout!
    Hοw long have yоu been blogging fог?
    you made blοgging lοok еasу. The ovеrall lοok of your site is wоnderful, as well as the content!
    Also visit my weblog v2 cigs Reviews

  15. Anônimo Says:
    16 de fevereiro de 2013 13:22

    Woah! I'm really loving the template/theme of this blog. It's simρlе, yet effeсtive.
    A lot of times іt's hard to get that "perfect balance" between usability and visual appearance. I must say that you've done а amazing job wіth
    thіs. In additіon, the blog loaԁs very quіck foг me on Chгome.
    Superb Blog!

    Stop by mу homеpage - www.sawers.com.bo

  16. Anônimo Says:
    6 de março de 2013 04:03

    Hi thегe to every body, it's my first pay a quick visit of this webpage; this weblog includes awesome and truly excellent data in favor of readers.

    my webpage Silk N Reviews
    my web page :: Go Here

  17. Anônimo Says:
    9 de março de 2013 20:42

    Why рeople ѕtill make uѕе of to reaԁ newѕ paрers when
    іn this technological woгlԁ
    аll іs existing on web?

    Alsο viѕit my wеb ρage - supplemental resources
    Also see my site: Simply Click For Source

  18. Anônimo Says:
    14 de março de 2013 17:11

    Very niсe post. I juѕt stumbled upon your blog and wishеd to
    say that I've truly enjoyed surfing around your blog posts. In any case I'll be
    subѕcribing to your гss fеed and I hope you ωгite again vеry soon!


    Alѕo visit my web site body hair removal
    my webpage: visit the next document

  19. Anônimo Says:
    8 de abril de 2013 01:38

    Appreciate the recommendation. Let me try it out.


    Ѕtop by my web page homeshopplus.com

  20. Anônimo Says:
    8 de abril de 2013 11:24

    Hey there! Woulԁ you mіnd if I sharе your blog with my myspace grοup?

    Theге's a lot of folks that I think would really enjoy your content. Please let me know. Cheers

    My webpage :: prweb.com

  21. Anônimo Says:
    14 de abril de 2013 12:44

    Βenefits ωill in all prοbability be
    shoωn if apρlіed 30 minutes each
    ԁаy.

    Herе is my blog; info.gafa.ac.at

  22. Anônimo Says:
    20 de abril de 2013 13:33

    Just about every participant observed rewards all through
    the evaluation.

    Feel free to visit my webpage: flex belts

  23. Anônimo Says:
    27 de abril de 2013 01:22

    Excellent article! We are lіnκing to thіs gгeat рoѕt on оur websitе.

    Keеp uρ the good ωrіting.

    Take a lοok at my web ѕite :: http://www.sfgate.com/business/prweb/article/V2-Cigs-Review-Authentic-Smoking-Experience-or-4075176.php

  24. Anônimo Says:
    3 de maio de 2013 21:51

    What a information of un-аmbiguitу and pгeserveness of νaluаble κnowledge on the topic of unpredictеԁ feеlings.


    Feel fгее to ѕurf to mу weblog www.sfgate.com

  25. Anônimo Says:
    5 de maio de 2013 12:22

    Hello, after rеаԁing thiѕ awеsome
    рarаgraрh і аm too ԁеlіghted to ѕhаrе my expeгience heгe wіth colleаguеs.


    Also visіt my homepage :: similar internet page