Amigos e amigas

* POR MÁRCIO ALEXANDRE DA SILVA

Dia 20 de julho é dia dos amigos e da amizade. Na verdade todos os dias devemos cultivar belíssimas relações com nossos amigos e amigas. Vejamos o que nos orienta Platão “A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro.”.

O poeta Mário Quintana afirma haver duas espécies de chatos “os chatos propriamente ditos e... os amigos, que são nossos chatos prediletos”, ligam fora de hora; manda um: “Preciso falar com você! Me liga”, justamente quando estamos sem créditos; não atendem ao telefone quando mais precisamos e; graças a Deus nos ligam de madrugada quando o sono esta mais gostoso. (risos). Isso não é reclamação, mas, um muito obrigado a todos os meus amigos [quando escrevo amigos sintam-se incluídas as amigas, obviamente].

Sugiro que num momento oportuno, ouçam a música de Oswaldo Montenegro – A lista. Nessa o artista interroga: “Faça uma lista de grandes amigos. Quem você mais via a dez anos atrás? Quanto você ainda vê todo dia? Quantos você já não encontra mais?” essa música tem uma imensa profundidade existencial. Levando-nos a refletir e concluir que devemos preservar os amigos do presente. Sem esquecer dos amigos de outrora. Cadê aquele amigo de escola, ou trabalho, do bairro? Porque você não liga para ele ou ela, manda uma carta, e-mail, torpedo... Deixe de ser relapso, termine de ler esse jornal e vá se comunicar com seus velhos amigos. Nunca se esquecendo dos atuais é claro!


Penso que a música “Oração por meus amigos” é um hino de agradecimento a todos os amigos! A amizade é uma força estranha, quase inexplicável, ou inexplicável mesmo. Já notou que quando os bons amigos se afastam, essa distância nos dá uma melancolia gostosa, até boba, isso nos orienta para que: “Saibamos deixar um no outro. Uma saudade que faz bem.” Ironicamente é como afirmou Renato Russo “É estar-se preso por vontade” (Monte Castelo). Ainda na música do Padre Zezinho, encontramos a essência das amizades, pois, sonhamos, brincamos e brigamos juntos, nos zangamos e nos perdoamos, é a mesma comunhão de ideais expressa na melodia: “Gente que sonha junto, gente que brinca e briga. Se zanga e perdoa.” Embora os percalços de toda relação, como verdadeiros amigos conseguimos transcender as dificuldades e compreender que a amizade é “Um sentimento forte mais forte que a morte. Nos faz ser amigo no riso e na dor”, esse é o dinamismo de toda amizade – superar dificuldades e partilhar alegrias.

Analogicamente considero a vida um mar imenso; às vezes impetuoso, ora calmo, com chuvas, sol, vendavais, brisa e relâmpagos. No entanto, nesse grande mar da vida temos pessoas que são ilhas seguras e portos seguros – que são os nossos amigos. Esses portos-amigos nos dão alento, carinho, atenção e muita força para encarar as dificuldades cotidianas e partilhar das nossas alegrias.

No mundo pós-moderno deve cultivar boas relações, como antídoto ao individualismo doentio e massificador.

Findo essa citando Aristóteles “A amizade é uma alma com dois corpos.”.

Não posso deixar de agradecer meus amigos da Editora Escola, os que acompanham o blog com os comentários e meus amigos pessoais Diego e Rafael e amigas Liziane, Amanda, Silmara, Rosângela, Roseli (Namorada e Amiga).

* Formado em Filosofia e educador da rede pública de ensino do Estado de São Paulo- Assis - SP. Contato: marciobressane@hotmail.com

6 Response to "Amigos e amigas"

  1. T-Brasil says:
    24 de julho de 2009 13:19

    Oi!

    Seja o meu amigo 500 no Orkut e ganhe uma camiseta!!

    É muito simples, adicione o perfil Gabi T-Brasil, e ganhe uma camiseta!!

    Caso vc indicar um amigo seu, e ele seja a pessoa de número 500 vc e ele ganham camisetas!!

    Participe :)

  2. Márcio says:
    24 de julho de 2009 14:01

    A pessoa ou o grupo da mensagem anterior poderia se identificar para dar mais credibilidade à promoção. Ou a atividade que seja? Ou movimento? Até explicá-la melhor!
    Identificando fica um trabalho mais sério o comprometido com os leitores do blog.
    Concluo agradecendo pelo uso do blog, use-o quando quiser. Ele é um ponto de debate, divulgação, noticias, palestras, eventos, enquetes e debates filosóficos é claro.
    Ainda mais se tiver relação com o tema do artigo ou a discussão, no bom sentido “use a vontade”.
    Obrigado!

  3. Diego says:
    27 de julho de 2009 18:25

    Com certeza fico feliz de ser um de seus chatos prediletos, pois você também é meu chato predileto, de todos os dias.
    Realmente valorizando essas amizades, estamos guardando em nosso coração um tesouro inestimável...amigos que sempre vem e nunca se vão...amigos das noites congelantes e longas no lanche do alicio (ninguem merece né...rsrsrs), mas divertidas pelas companias...
    um forte abrasso ow chatão predileto....(mas se me liga de madrugada eu xingo, rsrsrsrs)...

  4. Anônimo Says:
    30 de julho de 2009 07:07

    O amigo é nosso baú masi valioso. Aí encaixam-se pai, mãe e toda pessoa com quem podemos compartilhar ideias. Pena que não posso oferecer uma camiseta, porque não tenho orkut(!). Renato Oliveira Rocha - renatoletunesp@hotmail.com

  5. Alan says:
    30 de julho de 2009 09:33

    Belo texto. Só se sabe o real valor dos amigos quando nos os tem mais por perto. Mas apesar não ter mais nehum, aindo os são.

    Excelente blog

    Abraço

  6. pt says:
    25 de novembro de 2009 11:41

    «Nós somos os autores dos nossos anos e os nossos fracassos e derrotas são apenas passos para se conseguir alcançar algo melhor».