Amor x Sexo

O maior erro que alguns meios de comunicações cometem, sobretudo os de repercussão nacional, é a comum confusão entre sexo e amor. Esse caos mental é propagado propositalmente para confundir as pessoas, especificamente os jovens e adolescentes – quase sempre explorados por interesses egoístas numa sociedade hedonista. O equívoco de muitos é a aceitação da ideia vendida de que sexo é amor. Sem dúvida o sexo é parte vital do ser humano, mas não é tudo como muitos pensam... ou querem demonstrar e impor.

Sexo e amor são distintos: o primeiro [sexo] é algo carnal, instintivo, libidinoso que pode e deve ser feito com amor, mas não esgota a essência do amor. O segundo [amor] é algo metafísico, transcende o mundo físico, é uma estética que ultrapassa a razão humana; algo considerado por alguns como divino – para os cristãos “Deus é amor” (1 Jo 4, 8).

O filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844 –1900) orienta que antes de duas pessoas se casarem deveriam interrogar-se: teremos prazer em conversar por toda a nossa vida, até que a morte nos separe! Sim ou não? Se sim, convém casar-se. Se não, evite o casamento, ao menos com essa pessoa, pondera o pensador alemão. A afirmação anterior ganha peso pelo fato do sexo ser efêmero. No futuro restará apenas à conversa e a amizade. O sexo é importante, mas, casar-se somente pela atração sexual é pouco [...] é um reducionismo brutal da belíssima sexualidade humana. Embora Nietzsche tenha afirmado que o cristianismo deu veneno ao Eros, não o matou, mas tornou esse [Eros] um vício na mentalidade cristã. Considero a ressalva nietzschiana importante, no entanto, pondero que a Igreja ou a Religião com sua sabedoria doutrinal e histórica, não tornaria amarga, uma das coisas belíssima da natureza humana [sexualidade], se não fosse por prudência e preocupação com o ser humano.

O escritor mineiro Rubem Alves (1933) diz que o diálogo deve ser o fio condutor dos relacionamentos – principalmente entre casais O educador defende dois tipos de conversa: a tênis; em que o propósito é tirar o outro da jogada. Essa deveria ser evitada em todas as relações. E a frescobol; que a finalidade ou intenção é manter o outro no jogo, quanto maior a afinidade, melhor o desempenho. Nos relacionamentos devemos sempre primar pelas conversas frescobol, elevando sempre a auto-estima da pessoa que estamos relacionando ou conversando.

Pensemos nos nossos relacionamentos? Estamos tendo conversas que ajudam as pessoas a elevarem sua auto-estima? E quem busca o matrimônio, esta disposto a conversar com essa pessoa pelo resto de suas vidas? Usamos de forma equilibrada, comedida e ponderada nossa sexualidade?

Algumas pessoas usam sua genitalidade desmedidamente e acabam usando outras pessoas como objetos e não como seres humanos! Essa atitude é antiética e imoral, antes de qualquer preceito religioso ou doutrinal...

Por Márcio Alexandre da Silva (Márcio Alexandre da Silva é formado em Filosofia e educador da rede pública de ensino do Estado de São Paulo- Assis - SP). Contato: marciobressane@hotmail.com

25 Response to "Amor x Sexo"

  1. Fernando Augusto Constantino da Silva - Palmital – SP. Says:
    22 de junho de 2009 11:09

    Hoje em dia existe uma grande confusão sobre isso. Penso que ambos [amor e sexo] sejam coisas entrelaçadas, mas necessariamente unidas. Exemplo disso tem os relacionamentos amorosos sem relação sexual (como o amor dos pais, o amor de amigos) e até amor entre pessoas de sexo diferentes que optaram por não ter “relação carnal”.
    Fernando Augusto Constantino da Silva, 1º ano do Ensino Médio. Escola Estadual J.J. Bintercourt – Palmital – SP.

  2. Márcio says:
    22 de junho de 2009 11:13

    Fernando acenou três formas de amor que eu não tinha acenado no artigo, o amor entre pais e filhos, o amor entre amigos e os entre pessoas de sexo diferentes que optam por uma relação, sem atos sexuais.
    Pertinentes observações Fernando.
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  3. Fernando Augusto Constantino da Silva - Palmital – SP. Says:
    22 de junho de 2009 11:18

    Por outro lado, temos pessoas que procuram casas noturnas só para satisfazer suas necessidades carnais. E isso [necessidade] existe mesmo, até já foi comprovado cientificamente. O ser humano sente vontade de se relacionar carnalmente com outras pessoas, principalmente na adolescência. Mas, é preciso ter-se prudência.

    Fernando Augusto Constantino da Silva, 1º ano do Ensino Médio. Escola Estadual J.J. Bintercourt – Palmital – SP.

  4. Márcio says:
    22 de junho de 2009 11:18

    Isso mesmo Fernando, embora o sexo seja uma necessidade inata do ser humano. Não precisa sair usando a sexualidade de forma desenfreada e sem controle.
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  5. Fernando Augusto Constantino da Silva – Palmital – SP. Says:
    22 de junho de 2009 11:23

    Aí então entra o casamento: não se casa por necessidade, mas, sim por uma mor incondicional que domina o mais íntimo de cada ser.
    Fernando Augusto Constantino da Silva, 1º ano do Ensino Médio. Escola Estadual J.J. Bintercourt – Palmital – SP.

  6. Fernando Augusto Constantino da Silva – Palmital – SP. Says:
    22 de junho de 2009 11:25

    Na parte referente à conversa no relacionamento, nessa deve existir principalmente carinho e respeito, por mais complicado que seja o momento. Só aí conseguirão manter (e até elevar) a auto-estima do outros.
    Fernando Augusto Constantino da Silva, 1º ano do Ensino Médio. Escola Estadual J.J. Bintercourt – Palmital – SP.

  7. Fernando Augusto Constantino da Silva – Palmital – SP. Says:
    22 de junho de 2009 11:26

    Texto muito bem escrito. Parabéns, Márcio.
    Fernando Augusto Constantino da Silva, 1º ano do Ensino Médio. Escola Estadual J.J. Bintercourt – Palmital – SP.

  8. Márcio says:
    22 de junho de 2009 11:40

    Sinceramente agradeço ao Fernando pelos comentários e pelos elogios. Muitíssimo obrigado!
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  9. Rosangela Miranda Alves Says:
    23 de junho de 2009 08:00

    Amor e sexo andam juntos. Para se ter uma relação sexual boa, tem que se amar a pessoa. Sexo na verdade, é para quem não ama, só para se satisfazer e uma falta de respeito ao outro ou outra.
    Palmital – SP

  10. Márcio says:
    23 de junho de 2009 08:05

    É isso Rosangela! O amor é fundamental nas nossas relações...
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  11. Scarlat Rodrigues Fortunato Says:
    23 de junho de 2009 08:06

    Amor uma palavra bonita, mas que para poucos valem, porque as pessoas hoje só pensam em sexo e nada mais. Por que precisam se satisfizer.
    Eu penso diferente, por que, as pessoas fazem sexo sem amor elas não sentirão nada somente um prazer momentâneo.
    Sendo assim vamos pensar mais em nossas atitudes para não sofremos mais.

  12. Márcio says:
    23 de junho de 2009 08:08

    Sacarlat disse que a irrealização pessoal e o uso do sexo inadequadamente pode-se criar um vazio existencial. Que visão filosófica. Parabéns!
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  13. Gislaine, Silvana e Stefani – Palmital – SP Says:
    24 de junho de 2009 10:39

    Amor X Sexo X Dinheiro
    Nós concluímos que o texto diz a verdade, pois, muitas pessoas confundem amor com sexo.
    Há pessoas que interessam pelas outro ou por sexo ou dinheiro. Correndo o risco de ter uma vida infeliz. Temos muitos exemplos disso hoje em dia.
    Gislaine, Silvana e Stefani alunas do 2º ano do Ensino Médio. Escola Estadual J.J. Bintercourt – Palmital – SP.

  14. Márcio says:
    24 de junho de 2009 13:04

    Muito bem as alunas Gislaine, Silvana e Stefani, acrescentaram mais um item, o dinheiro! Parabéns alunas...
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  15. Ângela Caetano Elias Says:
    26 de junho de 2009 05:12

    Com esse texto consegui entender que sexo é um instinto humano e amor é compartilhar esse sentimento com outra pessoa que amamos e sabemos que a nossa união será apenas para satisfazer nossos desejos e sim para amar e saber que aquela pessoa nos ama.

  16. Márcio says:
    26 de junho de 2009 05:38

    Mas uma pessoa que percebeu o verdadeiro sentido de amar.
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  17. Daniella Jenifeer da Silva Oliveira Says:
    26 de junho de 2009 06:44

    Amor e sexo duas coisas que sem completam. Pois, fazer sexo só com amor e com único parceiro. E fazer sexo para satisfazer as vontades carnais é pouco mesmo....

  18. Alex says:
    27 de junho de 2009 11:23

    adorei o artigo muito esclarecedor

  19. Alex says:
    27 de junho de 2009 11:23

    adorei o artigo muito esclarecedor

  20. Márcio says:
    27 de junho de 2009 15:32

    Obrigado Alex. Seja sempre bem vindo, com suas colaborações!
    Márcio Alexandre da Silva – Autor do texto (Amor X Sexo)

  21. Márcio says:
    27 de junho de 2009 15:34

    Comunico que em breve será postado um interessante artigo sobre a busca da PAZ!
    Não deixem de ler... Em breve!
    Márcio Alexandre da Silva – autor dos artigos

  22. arioba Says:
    9 de julho de 2009 06:29

    Do texto e dos comentários, que tal definirmos dois paradigmas para o "amor"? O amor "espiritual", e o amor "orgânico"?
    O primeiro é exatamente aquele que é paradigma também de todas as religiões.
    O orgânico, é aquele que evidenciamos nas leis da natureza.

    Acho que a melhor explicação que já encontrei sobre a "doença da velhice", é que o "organismo vivo", se aprimora até sua capacidade máxima de "gerar prole", depois entra em decadência letal. O sexo se consome nessa verdade.

    A razão do homem consegue juntar "o amor espiritual", com o "prazer do amor orgânico", porém, joga tudo na lata do lixo quando transforma tudo em "vícios"!!

    Ariovaldo.

  23. Anônimo Says:
    4 de agosto de 2009 19:09

    Adorei o seu artigo fantastico nunca imaginei que existiria uma pessoa assim como vc, antes de eu ter um pouco da sabedoria da filosofia sempre pensei assim, amor em primeiro lugar entre um casal, agora o sexo viria depois é uma pequena complementação.
    Alguns homens dizem que a mulher não pode ter amizade com homem porque pensa logo em segunda intenção. No mundo em que vivemos nessa era de modernidade a todo segundo, o Sexo esta em primeiro lugar acima de tudo jogam o amor no lixo e coloka o sexo no topo da piramide.

  24. Anônimo Says:
    7 de novembro de 2009 13:28

    vocês acham que os jovens de hoje estão"fugindo do amor justamente porque podem ter o sexo"?

  25. Anônimo Says:
    10 de maio de 2013 23:51

    Don't buy E-Cig yet before reading through the blog to know more and find out how it'll аdvantagе your lіfe.


    mу site - green smoke Coupon Codes